O Poder Legislativo de Americana enalteceu os 24 anos do Jornal da Cidade, completados no último domingo, dia 8 de outubro. Fundado em 1993 pelo jornalista Ju Jensen, o semanário jamais deixou de circular, fato raro na imprensa da cidade que já viu dezenas de jornais desaparecerem. Moção de aplauso apresentada pelo vereador Thiago Martins (PV) foi aprovada por unanimidade na sessão do dia 6, sexta-feira da semana passada. “O Jornal da Cidade está comemorando 24 anos. Produzido pelo jornalista Ju Jensen, com distribuição semanal, informa sobre assuntos de grande repercussão, principalmente municipal, na área política. Com o progresso da comunicação através da Internet, o imediatismo tornou-se cada vez mais essencial para quem propaga a notícia, o acesso tornou-se mais simples e muitas mídias não se adaptaram a tal evolução. O Jornal da Cidade não foi um dos casos de insucesso. Pelo contrário. Devido à exímia competência jornalística de Ju Jensen, não só no impresso como também no rádio, mantém-se atuante na informação séria, além da incorporação das redes sociais aos veículos.  Hoje o facebook do jornalista é onde os fatos são narrados primeiro, sempre de forma crítica e objetiva”, diz o vereador Thiago Martins. Ele continua em sua propositura: “Diversas mudanças ocorreram na sociedade e em Americana. Porém, o Jornal da Cidade continuou como referência e merece destaque por suprir, de maneira tão suficiente e inteligente, nossa necessidade de uma imprensa argumentativa. Diante dos tantos anos, o jornalista Ju Jensen narra, constrói e faz parte da própria história americanense, sendo que seu jornal faz jus ao título, sendo, por tanto tempo e com grande qualidade insigne o jornal da cidade de Americana”. Além de Thiago Martins, também assinam a moção de aplausos ao JC os vereadores que estavam naquele momento na sessão: Luiz da Rodaben (PP), Marco Antonio Alves Jorge (PMDB), Pedro Peol (PV), Thiago Brochi (PSDB), Léo da Padaria (PC do B), Maria Giovana Fortunato (PC do B), Marschelo Meche (PSDB), Odir Demarchi (PR), Juninho Dias (PMDB), Rafael Macris (PSDB), Professor Padre Sérgio (PT), Vagner Malheiros (PDT), Wellington Rezende (PRP), Wladimir Martins (PRB), Geraldo Fanali (PRP) e Leco (PDT).