OMAR 13

Não, nada de número partidário. Apenas o registro, nesta semana, da comemoração pelo prefeito de Americana, Omar Najar, de 13 meses seguidos de pagamento em dia aos 5 mil servidores públicos. Depois de um período com 7 meses de repetidas greves da categoria pelo fatiamento dos salários, Omar conseguiu arrumar a situação.

REPETECO

Há meses a TV Câmara repete, em intervalos e espaços que tem no canal público, o mesmo vídeo falando da história de Americana e entrevistas com Geraldo Miante e Teodolindo Pedro Mastrodi. Ontem, de novo.

VPT

Grande parte dos ônibus da Viação Princesa Tecelã, por ordem judicial, têm que ser devolvidos a uma empresa que alugou os ditos cujos. Porém, o calote da VPT é de R$ 840 mil.

CARGO

Em Americana, tiraram o irmão do ex-prefeito Erich Hetzl Junior da assessoria do presidente da Câmara, Alfredo Ondas, e colocaram no segundo escalão da Secretaria Municipal de Esportes. Ricardo Hetzl, agora, assessora Oswaldo Klein Neto, o Foca.

RALLY

Quem usa o estacionamento da Câmara de Americana se sente num rally. Eram pequenos buracos, viraram crateras. Em meio ao pó.

DAE

O ex-prefeito Diego De Nadai foi meio crucificado, anos atrás, por emprestar dinheiro do Departamento de Água e Esgoto para usar na administração pública em geral. Agora, Omar Najar precisou fazer o mesmo com R$ 12 milhões do DAE. Mas diz que quita o empréstimo mês que vem.

DORIL

Em meio a uma crise profunda, que pode levá-lo à 4.a divisão do futebol paulista, os conselheiros do Rio Branco, pelo jeito, tomaram Doril. Não aparece um para oferecer ajuda, sair a campo em busca de apoio, etc.

“XURRAS”

Não é bom levar, para o mesmo churrasco, o prefeito de Americana e vários comerciantes da Rua Dom Pedro. Os caras não gostaram nada da história de inverter a mão de direção da antiga via a partir de março.