PODEROSA

Podem falar o que quiser de Juçara Florian, secretária municipal de Educação de Americana. Mas não digam que ela não tem força política, pois tem. E muita. Conseguiu ser blindada pela Mesa Diretora da Câmara na semana passada quando vereadores de oposição estavam ávidos por perguntas danadas. E, ao sentir que o professor Vinícius Ghizini estava crescendo na sua pasta, pediu para ele ser transferido. Ghizini está agora no Paço Municipal e seu novo chefe é Belmiro José dos Santos.

LIÇÃO

Neste episódio de Juçara na Câmara, em que ela avisou que só falaria sobre o assunto de sua convocação, serve de lição para os vereadores. A partir de agora, quando convocarem algum secretário, coloquem assim: “Para dar explicações sobre assuntos de sua pasta e outros mais”.

PAIS

Anos atrás, por causa de algumas obras em Americana e Nova Odessa, os deputados da cidade começaram a brigar pela paternidade. Quando a gente pensava que isto tinha sido superado, a picuinha voltou à cena. Assessorias dos deputados da paróquia enviaram notas às redações após a passagemn de Michel Temer pela cidade anunciando a promessa de verba para o Hospital Municipal.

NEM AÍ

São vários os motivos que deixam Omar Najar tranquilo em relação aos políticos que o cercam. Ele não pode disputar a eleição de 2020, por isso não tem pretensão eleitoral e faz as coisas que acha que tem que fazer. Milionário, como é sabido por todos, não tem preocupação com salário e essas coisas. Se terá apoio ou não de vereadores e deputados, por exemplo, neste ou naquele assunto, Omar demonstra nenhuma preocupação.

DISCURSO

Omar queria fazer um discurso de improvido, sábado, perante o presidente da República e o governador do Estado. Mas foi convencido, depois de muita pressão, por seus assessores, a ler o discurso. Ficou artificial.