PATRIMÔNIO

Com 10 votos favoráveis, 3 contrários, 2 abstenções e 3 ausências, a Câmara de Vereadores aprovou a concessão do título de Patrimônio Imaterial de Americana à Festa do Peão Boiadeiro que, em 2018, completará 32 anos de vida. Os diretores do Clube dos Cavaleiros ficaram muito honrados com o reconhecimento, que entra para o histórico da entidade. Os vereadores que não gostaram da ideia e votaram contra foram Guilherme Tiosso (PRP), Wellington Rezende (PRP) e Guilherme Mancini (suplente do PSDB).

GAMA

Membro da Mesa Diretora da Câmara de Americana já revelou que será solicitada segurança reforçada da Guarda Municipal para a próxima sessão, quinta-feira. É que alguns vereadores e assessores já conclamam, pelas redes sociais, a presença de populares no plenário para que seja revertida a decisão de minar o feriado da Consciência Negra, em 20 de novembro. O feriado caiu ontem por 10 a 8, mas precisa ainda de uma segunda votação, que será às 14 horas do dia 9 de novembro. Dois vereadores que foram a favor de mudança precisam arregar, já que, se houver empate em 9 a 9, o presidente Alfredo Ondas (PMDB) já revelou que votará pela mudança do feriado para o domingo.

OUT

De novo, ontem, o vereador Marschelo Meche (PSDB) não apareceu na sessão e foi substituído. Alegou doença.