1. O PROBLEMA gravíssimo enfrentado pelo Rio Branco, que deve perder 3 pontos por WO no Paulista da Série A-3, muita gente falou nestes dias.

 

  1. AQUI, porém, faço questão de reproduzir o que me disse o ex-advogado do clube no profissional, dr. Eder Duarte: “Em relação ao WO, não existe possibilidade de reversão no Tribunal de Justiça Desportiva. O que ocorre é que, segundo o Estatuto do Torcedor, é preciso iniciar a venda de ingressos com 72 horas de antecedência de uma partida”.

 

  1. ELE acrescenta: “Como não indicaram outro campo com oito dias de antecedência, a única chance seria até quarta-feira passada às 16 horas estar com o Estádio Décio Vitta liberado. Como a Polícia Militar não liberou, automaticamente a Federação suspendeu a partida”.

 

  1. DOUTOR Eder conclui: “Vai a julgamento, mas não existe forma de reverter, tendo em vista o descumprimento de uma lei federal. Como rio-branquense que sou, alertei que indicassem outro campo na sexta-feira passada”.

 

  1. TAMBÉM o jornalista Luiz Peninha, ex-Todo Dia, me confidenciou ontem: “Ju, pergunta para o Xororó se eu não alertei para o problema dos alvarás em novembro”.

 

  1. RESUMINDO: a atual diretoria, como todo respeito do mundo, entra para a história de quase 105 anos do Tigre como a única a perder um jogo por WO.

 

  1. BOLA pra frente. Teremos mais 17 jogos para ficar entre os oito primeiros. Porque, hoje, mermão, o Rio Branco é lanterna com zero. Na quarta vai a Santos, contra a Portuguesa, no centenário Ulrico Mursa.

 

  1. O TIME do Rio Branco é formado por alguns experientes e muitos jovens. Salário maior é de R$ 3 mil. Então vamos esquecer esta pataquada da diretoria e ajudar no que for possível, torcendo e divulgando.

 

  1. ATÉ as 21 horas de ontem, não recebi nenhuma explicação da diretoria do Tigre. Nem aqui no JC e nem na Rádio Vox 90.

 

  1. FECHANDO as de hoje: Sandro Hiroshi, que falsificou documentos há trocentos anos, foi ao Poupatempo renovar a CNH. Funcionários pediram parara fazer uma foto com ele. Postaram nas redes sociais usando o problema de “gato” que ele teve para defender o trabalho da unidade. Hiroshi deve processar o Poupatempo, porque a repercussão foi gigantesca.

 

jujensen@vox90.com