Faltando 13 dias para o fim das férias dos 19 vereadores de Americana, alguns deles, nesta semana, decidiram antecipar algumas reivindicações e manifestações sobre problemas na cidade. O vereador Gualter Amado (PRB), por exemplo, está sugerindo, através de projeto, a criação da Campanha de Conscientização Sobre Segurança do Cidadão, em outubro. A iniciativa poderá ser realizada através de palestras gratuitas com profissionais habilitados e capacitados sobre o tema, distribuição de panfletos e cartazes em repartições públicas. O projeto prevê também a elaboração e distribuição nas escolas públicas e privadas da Cartilha de Auto Proteção do Cidadão, a ser desenvolvida por comissão composta por representantes da Gama, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Conselho Comunitário de Segurança, Secretaria de Educação e Associação Comercial e Industrial de Americana. Segundo Gualter, os objetivos da campanha são oferecer auxílio aos cidadãos na prevenção em diversas situações, como acidentes, afogamentos e roubos; a orientação sobre procedimentos básicos nas várias situações enfrentadas no dia-a-dia, formas de condutas e medidas que cada cidadão deve adotar para aumentar sua segurança; e a conscientização sobre a importância de registro das ocorrências. De acordo com o parlamentar, a segurança de cada cidadão depende do conhecimento adquirido, da predisposição em adotar condutas adequadas e de saber como enfrentar as situações. “Portanto, ao aliar as dicas e recomendações que estarão contidas na cartilha, o cidadão estará muito mais protegido e seguro”, aponta o autor.

 

BROCHI – Já o vereador Thiago Brochi (PSDB) quer explicações do prefeito Omar Najar (PMDB), através de requerimento, sobre a emissão de guias de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) não pagas através do site da prefeitura na internet, após a alteração do exercício financeiro e antes que o débito seja inscrito em Dívida Ativa. O tucano afirma ter sido procurado por contribuintes que relataram a impossibilidade de impressão de guias atualizadas de parcelas do IPTU 2017 após a mudança de ano. “Em um caso específico, o cidadão deixou de pagar apenas a parcela do mês de dezembro, vencida no dia 20. Entretanto, em 5 de janeiro de 2018, ao acessar o site da prefeitura no link IPTU para emitir a guia atualizada e efetuar o pagamento, o documento já não estava disponível no sistema, sendo apenas possível a impressão das parcelas referentes a 2018”, disse. Segundo Brochi, a Prefeitura informou que para imprimir as guias referentes a 2017 os contribuintes devem comparecer pessoalmente ao Paço Municipal, ou então aguardar a inscrição do débito em Dívida Ativa. Brochi pergunta ao prefeito se existe a possibilidade de disponibilizar a emissão de guias não pagas do IPTU de 2017 no site da Prefeitura.

 

JUDITH – A vereadora Judith Batista (PDT) é autora de um requerimento, protocolado nesta semana na Câmara de Americana, em que questiona o Poder Executivo sobre o encerramento das aulas de Educação de Jovens e Adultos no Ciep Professor Anísio Spínola Teixeira, no bairro São Jerônimo. No documento, a parlamentar afirma ter sido procurada por alunos que frequentavam as aulas e que receberam a informação de que o curso passará a ser ministrado apenas no Ciep Philomena Magaly Makluf Rossetti, no bairro São Vito. “Devido à distância, os alunos foram prejudicados e não terão condições de continuarem os estudos”, aponta. “A  Educação de Jovens e Adultos é uma modalidade de ensino que perpassa todos os níveis da Educação Básica do país. Sua manutenção é exigida pela Constituição, que garante o acesso e a permanência ao ensino fundamental a todos”, acrescenta.